4f9b47c7 f17d 47fe a428 b496bd29b09f

ODS 5 | IGUALDADE DE GÊNERO

Descrição

“Eu acho que é direito que me paguem o mesmo tanto que meus colegas de trabalho do sexo masculino. Eu acho que é direito tomar decisões sobre meu próprio corpo. Eu acho que é direito que mulheres estejam envolvidas e me representem em políticas e decisões tomadas no meu país. Eu acho que é direito que, socialmente, eu receba o mesmo respeito que homens. Mas, infelizmente, não existe nenhum país no mundo em que todas as mulheres tenham esses direitos. (…) Eu quero que os homens comecem essa luta para que suas filhas, irmãs e esposas possam se livrar do preconceito, mas também para que seus filhos tenham permissão para serem vulneráveis e humanos e, fazendo isso, sejam uma versão mais completa de si mesmos." (Emma Watson)

O QUE ESTE OBJETIVO PROPÕE

Segundo a ONU, ainda hoje as mulheres ganham salários menores, trabalham mais em atividades domésticas não remuneradas, estão mais vulneráveis à exploração e são sub-representadas em cargos de gestão e liderança. Em alguns lugares, elas ainda sofrem com casamentos forçados, não têm direito a heranças, à posse de bens, nem acesso ao crédito. Diante desta realidade, o 5o ODS prevê medidas para assegurar a todas as mulheres e meninas melhores condições de vida, combater discriminações e violências de gênero e ampliar a participação feminina na política, na economia e em diversas áreas de tomada de decisão.

O QUE NÓS VAMOS FAZER

Crianças e Jovens a partir do Ensino Fundamental

  • Roda de histórias, poemas e depoimentos sobre as mulheres
    Trazer à tona as histórias de mulheres, sejam elas comuns ou reconhecidas, é uma forma de mostrar aos jovens o valor e o potencial da ação feminina em nossa sociedade, eliminando preconceitos e abrindo espaço para reflexões mais profundas sobre esse tema. A ideia é formar grupos de trabalho para a pesquisa e criação de textos que posteriormente serão lidos coletivamente. Bom para: Dia Internacional da Mulher (8/3), Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher (10/10) e Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12).

Mulheres da comunidade escolar, alunas do ensino médio, EJA, jovens aprendizes e em formação profissional

  • Educação Financeira para Mulheres
    A capacitação das mulheres para o bom uso do dinheiro é um aspecto fundamental do empoderamento feminino. Além de contribuir para que elas tenham maior independência financeira e mais sucesso ao empreender, em geral, cabe às mães a administração do orçamento doméstico e a educação financeira dos filhos. A proposta desta atividade é realizar sessões especiais da atividade Educação Financeira na Comunidade Escolar para mulheres, dando ênfase aos aspectos mais importantes para elas. Bom para: Dia Internacional da Mulher (8/3), Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher (10/10) e Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12).
Líderes
Equipe PEB
Status
Aberta
Criado em
31/01/18