POR UM NATAL MAIS SUSTENTÁVEL

22/11/2017 16:29

O final do ano é o momento perfeito para reforçarmos – dentro de nós e na sociedade – o futuro que queremos construir. Um mundo inspirado pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, onde há paz, justiça e oportunidades para todos. Onde ninguém fica para trás!

Veja 3 sugestões de atividades completas para você encerrar 2017 levando os ODS para as escolas parceiras!

1.    Pedidos para a Humanidade

Temos passado por grandes evoluções, em especial na ciência e tecnologia, que favorecem a qualidade de vida. Nem todos, porém, estão incluídos nessas melhorias. Uma parcela expressiva da população global ainda vive na miséria, sem acesso à saúde, saneamento, alimentação, emprego decente e educação de qualidade. Pessoas ainda são expulsas de suas casas, sendo obrigadas a buscar refúgio em outros países, deixando para trás suas famílias e suas raízes. Muitos enfrentam a violência, a discriminação, o abuso e a exploração.

O final do ano é um bom momento para refletir sobre tudo isso e sonhar com um mundo onde todos têm acesso aos recursos básicos para viver com dignidade e buscar uma vida melhor. Na atividade Pedidos à Humanidade, a proposta é pedir para os alunos colocarem no papel seus desejos de um mundo melhor. Depois, eles poderão montar uma exposição para compartilhar suas ideias com a comunidade escolar, criando uma corrente de fraternidade no ambiente escolar.

 

 

 

 

 

 

Veja este exemplo: o Núcleo Espírito de Servir, de Porto Alegre (RS), realizou uma dinâmica sobre Respeito e Paz. Saiba mais.

 

2.    Feiras de trocas

Muito tem se falado sobre a economia compartilhada, que tem trazido novos olhares para a forma como vivemos e consumimos. Nesse conceito, o mais importante não é a posse do produto, mas o acesso a ele. Outro fundamento é a eliminação de ociosidades, colocando tudo o que já foi produzido em circulação.

As feiras de trocas são um bom exemplo dessa cultura, pois mostram a importância de preservarmos e prolongarmos o uso dos bens de consumo. Na atividade Arrecadação de Livros para Reutilização, a proposta é promover a troca ou compra simbólica de livros em bom estado. Esta atividade pode ser adaptada para qualquer outro tipo de feira, envolvendo, por exemplo, a troca de uniformes, calçados e brinquedos.

Veja também: nas ações rápidas propostas para este final de ano você encontra uma campanha de arrecadação de brinquedos para serem doados à escola ou para cada criança. A ideia é envolver o máximo possível de pessoas nessa ação, de forma que cada criança receba um presente. Por isso, a coleta poderá ser feita entre os funcionários da sua Rede/Regional, familiares e amigos. Mobilize-se!

 

 

 

 

 

 

Veja este exemplo: os voluntários do núcleo Ciranda Viva, de Sertãozinho (SP), realizaram a atividade de arrecadação livros para reutilização e doação. Saiba mais.

 

3.    Educação Financeira

A capacidade de usar bem os recursos financeiros que dispomos, tomando decisões que favoreçam o consumo consciente e a prosperidade, é algo que pode ser aprendido. Aproveite este final de ano para aplicar as atividades de educação financeira do ODS 8 dando um enfoque especial para os riscos e oportunidades que esse momento do ano traz. Veja algumas dicas que você pode dar:

Dicas para pessoas que vão receber um dinheiro extra

  • Aproveitem para quitar ou negociar dívidas, iniciando por aquelas com juros mais altos. Mesmo as dívidas que estão com as parcelas em dia podem ser pagas antecipadamente. Além de se livrar de um compromisso, é possível economizar no que seria gasto com juros.
  • Caso esteja com as contas em dia, reserve uma parte para o pagamento das despesas de início de ano, como materiais escolares e IPVA. Outra possibilidade, que trará mais segurança e tranquilidade para os momentos de emergência, é iniciar um fundo de emergência (na atividade Educação Financeira na Comunidade Escolar ensinamos como criar esse fundo).

Dicas para pessoas que estão sem trabalho

  • O momento é de oportunidade para quem precisa elevar sua renda. Pode ser buscando um trabalho temporário no comércio ou aproveitando para ganhar dinheiro com seus talentos (produção de artesanato, enfeites de Natal, delícias para a ceia...). Num período de crise financeira, todo mundo está buscando maneiras de economizar. E você pode se beneficiar oferecendo alternativas econômicas para os gastos de final de ano.
  • Se você possui um quarto extra em casa ou um veículo que está sendo pouco utilizado, avalie a possibilidade de alugar esses bens para outras pessoas. Hoje, é possível oferecer esse serviço pela internet. Veja algumas dicas.

Dicas para um Natal com mais confraternização e menos consumo

  • No site Meu Bolso em Dia, da Febraban, você encontra 20 ideias para uma celebração bacana gastando pouco. Selecione algumas delas e inclua na atividade que irá realizar. Esse pode ser um bom jeito de mostrar à comunidade escolar que podemos reinventar o jeito de comemorar.

 

 

 

 

 

 

Veja este exemplo: o Núcleo Grupo Metropolitano Solidário, de Recife (PE), realizou a atividade Educação Financeira para Crianças. Saiba mais.

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se