Semana ENEF 2019: educação financeira para quem mais precisa

Hoje, são 12 milhões de desempregados e quase 63 milhões de pessoas – cerca de 32% da população do país – com alguma dívida atrasada. Além de uma situação econômica difícil, o brasileiro ainda não sabe muito bem como lidar com o dinheiro. 

Durante a Semana Nacional de Educação Financeira, que acontece entre os dias 20 e 26 de maio, vamos nos unir a voluntários de todo o país para levar a educação financeira a quem mais precisa! 

No ano passado, o PEB foi uma das 344 instituições que participaram da ação. No total, cerca de 4 milhões de pessoas foram beneficiadas por mais de 7 mil ações. 


Bora fazer bonito em 2019 também?

Nosso público continua o mesmo: pais, alunos, professores e demais profissionais das escolas públicas brasileiras. Chegando às localidades mais carentes, certamente estaremos próximos do público que mais precisa de apoio.

Segundo dados divulgados pelo SPC em agosto de 2018, a média de idade do endividado é de 36 anos. A maior parte são mulheres (6 em cada 10) e têm só o segundo grau (6 em cada 10). Quase todos os inadimplentes (93,3%) pertencem às classes C, D e E. Na maior parte das vezes, as dívidas não são quitadas por duas razões: renda insuficiente (36%) e desemprego (27%). 

E como essas pessoas se endividaram? Principalmente comprando roupas, calçados e acessórios (42,0%), supermercado (20,5%), eletrônicos (20,3%, aumentando para 26,1% entre os homens), celular/smartphone (15,2%) e eletrodomésticos (15,2%).


Confira as atividades

Que tal juntar um grupo de mulheres para uma roda de conversa sobre orçamento familiar? Essa é uma das atividades que estamos sugerindo para este ano. Clique aqui e veja todas as opções